Como Plantar Pimenta-do-reino

A Pimenta-do-reino possui o nome científico de Piper nigrum, e também é conhecida como pimenta preta ou pimenta redonda. Ela é uma planta trepadeira oriunda da Índia, que consegue atingir até 4 metros de altura. Seus frutos são do tipo drupa, ou seja, ele é carnoso, com apenas uma semente, sendo esta aderida ao endocarpo de maneira que só pode ser separada mecanicamente. O grau de maturação e o tratamento que recebem irão influenciar o seu sabor, variando também os usos na culinária.

Como Plantar Pimenta-do-reino

Onde plantar Pimenta-do-reino

Ela é uma é uma planta perene adaptada ao clima tropical úmido, por isso recomenda-se que seja cultivada em locais com temperaturas acima de 23°C durante o ano todo. Também gosta de chuvas regulares e uma alta umidade relativa do ar. Ela poderá ser cultivada em outros locais, porém a temperatura não deverá ser menor que 15°C.

Em locais mais frios o cultivo poderá ser feito em estufas climatizadas. Ela tanto pode ser cultivada com iluminação solar direta ou então em locais sombreados. O solo recomendado deve ser fértil e rico em matéria orgânica, devendo ficar sempre úmido, sem contudo ficar encharcado. Recomenda-se que o plantio seja feito no início da estação chuvosa.

Como conseguir mudas de Pimenta-do-reino

Você pode usar sementes, porém elas são pouco utilizadas pois as mudas demoram muito tempo para crescer e produzir. Além disso, as plantas obtidas a partir de sementes nem sempre terão as mesmas características e produtividade da planta mãe, por isso a forma mais utilizada para fazer o plantio é a estaquia.

Para fazer as mudas basta pegar ramos com cerca de 1 cm de diâmetro e 25 a 50 cm de comprimento. Pegue ramos que tenham pelo menos 3 nós. Você pode fazer o plantio em vasos ou recipientes semelhantes, mantendo o solo sempre úmido, até que os ramos enraízem. Com 3 a 4 meses após o plantio faça o transplantio para o local definitivo. Você pode cultivá-la em grandes vasos, mas saiba que a produção será bem menor.

Cuidados ao plantar Pimenta-do-reino

Esta pimenta é uma trepadeira, por isso necessita de suportes para crescer. Geralmente utiliza-se de estacas de madeira ou concreto, com cerca de 3 metros de altura. Você deverá amarrar a planta ao suporte, evitando que a Pimenta-do-reino tombe e se quebre. Quando a ponta do ramo principal atingir a altura que você desejar, corte-a, para que a planta possa ter mais ramos laterais.

O espaçamento indica varia entre 2 a 3 metros entre cada planta. Tome cuidado ao retirar as plantas invasoras, uma vez que esta pimenta tem raízes superficiais, que podem ser facilmente danificadas. Caso a planta apresente alguma doença em sua raíz, o recomendado é arrancar e queimar a planta doente. Em seguida as plantas vizinhas deverão ser tratadas com fungicidas recomendados para a cultura.

Quando colher a Pimenta-do-reino

Do 3º ao 5º ano de cultivo a planta terá seu auge de produção. Ela inclusive gerar 2 colheitas por ano, se estiver sendo cultivada no clima adequado, mantendo-se produtiva por até 20 anos. Colha os frutos de acordo com a pimenta que você deseja, ou seja, para conseguir pimentas do tipo preta colha os frutos completamente verdes, deixando-os secar ao sol por vários dias ou então seque-os em equipamentos adequados, tornando-se enrugados e enegrecidos. Para obter pimentas do tipo verde colha os frutos ainda imaturos, usando-os ainda verdes ou em forma de conserva.

Já as pimentas do tipo branca são colhidas quando estão avermelhados, já maduras ou quase maduras. Elas são deixadas em sacos de algodão, que são mergulhados em água corrente por uns 10 dias, desta forma a polpa da pimenta se decompõe, deixando apenas as sementes. Existem outros processos, tanto mecânicos quando químicos para separar as sementes da polpa. Em seguida as sementes são secas por uns 2 dias ao sol. As pimentas do tipo vermelha são colhidas maduras e normalmente utilizadas em conservas. Veja também como plantar Alcaparra.

Deixe a sua opinião

Comentários

[yasr_visitor_votes]

Artigos Relacionados!


Não vá embora sem deixar um comentário!